Petitchef

Codornas marinadas em vinha d'alhos com purê de berinjelas

Prato Principal
2 porções
2 horas
30 min
Médio
Codorna e berinjela: dois produtos que são, de certa forma, negligenciados pelo fato de não serem muito bem compreendidos. Nesse sentido, ofereço-lhes hoje uma feliz combinação entre esta simpática ave e a misteriosa berinjela.

Ingredientes

Número de doses: 2

Para as codornas:


250 ml de vinho branco seco

02 dentes de alho

ervas frescas (usei Alecrim, manjerona, tomilho e louro)

pimenta do reino

50 g de manteiga sem sal

sal e pimenta


Para o purê de berinjela:

01 berinjela média

01 cebola cortada finamente

50 ml de azeite de oliva

manjericão

sal e pimenta

Preparação

  • Primeiramente vamos à marinada em vinha d'alhos: em um recipiente, coloque as codornas, o vinho, o alho, as ervas e a pimenta.

    Complete com água até que as aves estejam submersas. Reserve, em refrigeração, por no mínimo uma hora.
  • Enquanto as codornas marinam, descasque a berinjela e corte-a em pequenos pedaços, salgue e aguarde dessorar ( perder líquido) por aproximadamente 15 min.
  • Após, refogue bem a cebola no azeite de oliva e agregue a berinjela. Refoge por mais 2 a 3 min e ao final processe tudo até atingir o ponto de um creme. Reserve.
  • Ao final da marinada, descarte o líquido e demais temperos. Faça um creme com a manteiga, sal e pimenta e besunte generosamente as codornas. Leve ao forno pré-aquecido a 200 C por 15 a 20 minutos.
  • Por fim, monte o prato e bom apetite.
  • A técnica:

    A marinada é uma técnica antiga que tem por objetivo agregar sabor ao preparo. Existem basicamente dois tipos de marinadas: as secas e as líquidas, digamos assim.

    As marinadas secas caracterizam-se por serem utilizados somente ervas e temperos em contato direto com a carne sem a utilização de vinhos, azeites, vinagres como meio.

    Um bom exemplo de marinada seca é o Gravlax (salmão à escandinava, onde a carne do peixe é colocada diretamente em contato com as ervas e deixada marinando por dias).

    Já as marinadas líquidas utilizam-se de um meio líquido (desculpe a redundância) e demais ervas para agregar sabor ao preparo.

    Um belo e delicioso exemplo é a postagem de hoje que demonstra a codorna em um tipo de marinada chamada de vinha d'alhos (clássica portuguesa) que, conforme o próprio nome demonstra, é composta por vinho, alho e ervas frescas.

    Aves e suínos são bons exemplos de carnes que necessitam de uma boa marinada antes de prepará-los.
  • Gostou da receita?
    acesse www.buonissimacucina.com
    www.facebook.com/pages/Buonissima-Cucina
    twitter: www.twitter.com/BuonissimaC



Comentários dos membros:

08/02/2013

Yummi!

08/02/2013

No la entiendo, me lo podrian mandar en español o traducirlas?

08/02/2013

Maravilhosa

08/02/2013

O purê nao leva nem batata e ou farinha de trigo?

08/02/2013

Muito boa...

08/02/2013

Exatamente. não há adição de nenhuma farinha ou mesmo batata. O purê é feito somente com berinjelas.


Avaliar esta receita:

Receitas semelhantes

Receita Codornas ao molho de vinho
Codornas ao molho de vinho
4 porções
1h35m
Muito Fácil
4.1 / 5
Receita Codornas ao molho de vinho do porto de uvas
Codornas ao molho de vinho do porto de uvas
2 porções
1h10m
Muito Fácil
4.3 / 5
Receita Purê de batata (fácil)
Purê de batata (fácil)
4 porções
40 min
Muito Fácil
4 / 5
Receita Viande des grisons (a carne seca suíça)
Viande des grisons (a carne seca suíça)
15 porções
20 min
Muito Fácil
Receita Codornas recheadas com ameixas secas
Codornas recheadas com ameixas secas
2 porções
35 min
Muito Fácil
4.3 / 5

Receitas

Menu do dia

Receber o menu do dia:

Pergunta do dia
Qual erva aromática prefere em vosso prato?
Voto