Gastronomia do Distrito de BragançaRegião de belezas naturais intocáveis, Bragança é um conjunto de antigas tradições, monumentos e muita história. Os habitantes deste Distrito cultivam uma vida calma e sábia. O ecoturismo é bastante procurado, e com toda a razão, pois as suas paisagens naturais a perder de vista, repletas de animais selvagens, são simplesmente de enfeitiçar. Mas também há muita história urbana, com vários museus, prédios históricos e igrejas. A Torre de Menagem e o Castelo Medieval de Bragança são monumentos que se misturam a modernas áreas de lazer e restaurantes, que servem o autêntico sabor dos históricos pratos dessa terra.

Refletindo o estilo de vida da região, a gastronomia de Bragança preza pela qualidade dos produtos usados em cada receita, assim como a tradição nos processos de elaboração. Aclamado aos céus pelo seu rico sabor, encontramos a Feijoada à Transmontana com abundância de tempero. O Cozido à Portuguesa também está presente, assim como o bacalhau, que aqui é cozido com batatas ou assado com pão de centeio. A Sopa de Coelho e o Caldo de Perdiz são um convite para quem busca pratos mais ''selvagens'' no sabor. O Frango Albardado, as Rabas guisadas com Ovos e o Salpicão Assado completam a fartura de sabores dessa terra fértil. Típico também são as Costeletas de Cordeiro, o Cabrito de Montesinho, as Trutas de Escabeche, temperadas apenas com azeite da região e o Butelo com Casulas.

Como não poderia faltar nas mesas de qualquer região de Portugal, os doces conventuais centenários também estão presentes na gastronomia de Bragança. Os Bolos de Mel e as Súplicas (docinhos de farinha, ovos e açúcar) podem ser encontrados por toda a parte. Os Ovos Doces e Folares da Páscoa oferecem ainda mais prazer aos comilões, que nunca se fartam de tamanha abundância de pratos típicos dessa região, cujos aromas são tão memoráveis quanto suas maravilhas históricas.