Passas: a fruta seca da Passagem de Ano12, 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 ... FELIZ ANO NOVO. Conseguiu fazer os 12 pedidos? Não tem mal, a uva passa tem muitos outros benefícios para além de dar sorte.

Comer 12 passas na contagem das 12 badaladas do último dia do ano, e juntamente pedir 12 desejos, um por cada passa, é a tradição mais popular dos Portugueses na Passagem de Ano. Mas, de onde vem essa tradição? Olhe, o PetiChef também não sabe.

Ao que parece, não se sabe muito bem a origem desta tradição. A maioria das pessoas associa as 12 passas aos 12 meses do ano mas existe outra explicação ligada ao calendário lunar. Este, em relação ao solar, tem menos 12 dias, e no último mês do ano, acertavam-se as diferenças. As passas seriam esses 12 dias. A uva passa, sendo um fruto popular nessa altura do ano, foi a escolhida para 'acertar os ponteiros'. Há ainda quem defenda que, em rituais antigos, as passas substituíam o vinho.

O que é certo nisto tudo é que de qualquer forma, comer passas faz bem à saúde.
  • A uva passa é rica em fibras, que ajudam no funcionamento do intestino;
  • Em potássio, bom para o equilíbrio da pressão arterial;
  • Em vitaminas do complexo B, que participam na geração de energia para as células;
  • Em vitamina E, forte antioxidante;
  • E em vitamina K, importante no processo de coagulação sanguínea.
Então já sabe, mesmo que não acredite nas superstições, pode comer as passas que o seu corpo agradece.
E tenha uma noite agradável, o Ano Novo reserva-lhe com certeza muitas coisas boas.