Gastronomia do Distrito da GuardaO Distrito da Guarda é tudo e muito mais do que falam. História, natureza e povo hospitaleiro não faltam aqui, e quem visita este Distrito corre o risco de ficar apaixonado. Por todos os lados podem-se vislumbrar serras, pinhais e lindos riachos, tudo contrastando com a riqueza histórica e cultural. Na cidade dos cinco F's (Forte, Farta, Fria, Fiel e Formosa), ninguém fica sem visitar os monumentos antigos, como o Castelo de Celorico da Beira e o Castelo de Marialva, e o Conjunto Arqueológico de Vila Nova de Foz Côa. O que fazer é o que não falta na região, inclusive saciar os prazeres do paladar, comendo fartamente nas tascas, cafés e restaurantes.

A Serra da Estrela, de onde provém as maiores delícias da gastronomia da Guarda, tendo a carne de porco destaque na culinária local, e alguns pratos imperdíveis são o Bucho com Grelos, o suculento Presunto Curado com sal marinho e os tradicionais Enchidos da Guarda. Mas outras carnes também têm lugar nas mesas, e resistir ao Cabrito e Borrego assados, Javali com Feijão e Arroz de Lebre Malandrinho é uma tarefa difícil. A distância da orla marítima não priva a região de peixes, e nada se compara ao sabor único do Bacalhau à Lagareiro.

A gastronomia do Distrito da Guarda varia muito conforme as estações, sendo que no outono e inverno destacam-se algumas das melhores delícias, como a Sopa de Castanhas, o Caldo de Grão e o Ensopado de Míscaros.

Os doces também são famosos nesta parte de Portugal, e muitos vêm de bem longe para saborear os cremes caseiros, o rico Pudim de Pão, o Arroz Doce de cesto e o inigualável Dom Sancho, bolo feito com massa folhada e recheio de creme de queijo.

Deliciosos pratos e boa vida, é isso que espera quem visita o Distrito da Guarda.