Susana Miranda de -As Receitas da Selene-Susana Miranda, criadora do blog 'As Receitas da Selene', nasceu no Alentejo e agora vive em Lisboa.

Começou a cozinhar em 2005 e já tem imensos pratos em que é o 'às das panelas', como por exemplo a tarte de mel e côco, que o diga o namorado.


Pode encontrar as receitas da Susana no facebook, no twitter, no google + e no perfil PetitChef.


Vamos conhecer mais sobre esta 'Deusa da Lua'?


Quando é que começou a cozinhar?

Comecei a cozinhar em 2005, quando saí de casa da minha mãe e me vi obrigada a pilotar um fogão.

Gostou desde o início e sempre continuou ou houve momentos em que pensou parar?

No início foi complicado, nada corria bem. Mas fui ganhando o gosto e hoje cozinhar é uma terapia de relaxamento para mim.

E a ideia de criar um blog? Como surgiu?

No início, recorri a muitos livros, programas de TV e blogues para aprender a cozinhar. Quando ganhei o gosto pela culinária, decidi partilhar as minhas experiências para poder ajudar na difícil tarefa de decidir "o que vou fazer hoje para o jantar".

Porquê 'As receitas da Selene' se você é Susana?

Sou apaixonada por astronomia... fascinada pela Lua... Selene é a Deusa da Lua na mitologia grega.... e é o nome virtual que adoptei há muitos anos, ainda adolescente, dedicado à minha paixão à Lua. Quando decidi criar o blogue, já adulta, pensei em muitos nomes... mas como no mundo virtual o meu nickname ainda é "Selene" decidi que o meu livro de receitas virtual deveria ser também dedicado à "Deusa da Lua".

Como conheceu o site pt.petitchef.com?

Conheci o site quando tive que aprender a cozinhar. Foi no site que aprendi muitas das receitas que hoje confecciono. Ainda hoje, me serve de inspiração no dia-a-dia.

O que achou / acha do site?

O site é fantástico. Recebemos um menú diário via e-mail que nos inspira para experimentar receitas novas. Sempre que preciso de uma receita, ela está lá. Foi um professor para mim. O meu obrigado à equipa, e a todas as pessoas que, tal como eu, partilham as suas experiências e assim ajudam no dia-a-dia de todos os que o visitam.

O que « cozinhar » significa para si?

Relaxar... Viajar entre sabores e cores... chegar a casa cansada e poder ter um momento de lazer cheio de aromas.

Tem outras paixões além da cozinha?

Já tive a escrita, a pintura, o desenho... mas a falta de tempo faz-nos abdicar de algumas paixões. A leitura ainda hoje me acompanha.

Se fosse uma receita, qual seria?

Sem duvida alguma, seria um "pastel de nata". Não lhes resisto.

Há algum momento engraçado ou peculiar que lhe tenha acontecido cozinhando ou que tenha que ver com a cozinha?

Quando me iniciei na cozinha, na minha primeira tentativa de cozer arroz, uma tarefa das mais fáceis e básicas, fui um fracasso! O arroz simplesmente ficou cru. Ainda hoje não sei o porque.

Qual é a sua especialidade culinária?

Bacalhau. Adoram os meus bacalhaus gratinados... estão sempre a pedir para fazer.

Um conselho a dar aos apaixonados de comida (e aos outros)?

Para quem acha que não gosta ou não tem jeito para cozinhar, coloque um pouco si mesma na tarefa. Pesquise na internet, leia livros ou veja programas de TV... depois é pegar nos ingredientes e fazer magia. Tudo que é feito com carinho e vontade fica sempre delicioso.