Petitchef

Ingrediente Romã

RomãOriginária de regiões da Europa e do meio Oriente, a romã possui fins medicinais e terapêuticos. Da fruta tudo pode ser aproveitado, desde a casca utilizada para fazer chá, às sementes. O interior da romã é dividido em películas, onde ficam as sementes que possuem polpa comestível.
Ela é rica em vitaminas do complexo B, que ajudam a circulação sanguínea; vitamina A, que auxilia a pele a ficar mais bonita e beneficia a visão; vitamina C, que reforça o sistema imunitário e ácido fólico, que contribui para a saúde cardiovascular.

Onde encontrar

lugares

Pode encontrar romãs nas grandes superfícies comerciais, mercearias, frutarias ou nos mercados locais. No entanto, é provável que só a encontre numa época do ano, entre Outubro, Novembro, Dezembro, Janeiro.

Como escolher

conselhos

Verifique que a casca da romã esteja dura e sem manchas. Poderá variar entre o amarelo esverdeado e o avermelhado, sendo esta última a mais madura e doce. Esteja ainda atento para ver se a casca não apresenta rachas que exponham o seu interior.

Como cozinhar

cru

Abra a romã, retire as bagas e coloque numa taça. Delicie-se experimentando ao natural. Caso a romã esteja ligeiramente ácida, pode acrescentar uma colher de chá de açúcar e envolver. Além desta forma, este fruto pode ser usado para fazer sumos, combinados com outras frutas ou sozinho. As bagas podem também ser adicionadas a uma salada de alface ou rúcula ou utilizá-las para fazer tartes. Com a casca pode fazer uma tisana que ajuda a controlar o peso.

Como conservar

temperaturas adequadas

Se a temperatura exterior for amena, a romã se conservará bem numa fruteira, até uma semana. Se não, coloque-a nas prateleiras do meio do frigorífico / geladeira, mas não demore muito para a consumir.

Receitas





Votar neste ingrediente:
Menu do dia

Receber o menu do dia:

Pergunta do dia
Como aprendeu a cozinhar?
Voto