Petitchef
Criar Novo Registo
Palavra-passe esquecida ?  
PETITCHEF
Pesquisa avançada

Pão da Avó - Pré-fermentos ou Esponjas

De Pintinhas Pretas
(3.67/5 - 3 votos)

1 comentário

Continuo fascinada com a arte de fazer pão! E acreditem que isto tem muito que se lhe diga... São os ingredientes, são os utensílios, são os métodos e as técnicas... Quanto mais leio e pesquiso, mais descubro que ainda não sei nada de nada sobre o assunto...
Ultimamente tenho andado às voltas com os pré-fermentos.

Basicamente, e tentando resumir, há duas maneiras de fazer pão: pelo método directo ou pelo método indirecto - utilizando um pré-fermento ou esponja!

O método directo consiste, muito simplesmente, em juntar todos os ingredientes da receita (à vez e pela ordem indicada) numa única operação e amassar - à mão ou à máquina.

O método indirecto envolve duas fases distintas: em primeiro lugar faz-se uma massa (o pré-fermento ou esponja) utilizando parte dos ingredientes da receita, deixa-se fermentar por um tempo determinado, e incorporam-se os restantes ingredientes numa segunda operação, amassando em seguida.

Um pré-fermento consiste, assim, numa mistura de farinha, água e fermento, preparada com antecedência e deixada a levadar durante um período mais ou menos longo de tempo, para depois ser incorporada na massa do pão.

A composição do pré-fermento (quantidade de farinha, água e fermento) e o tempo de fermentação do mesmo varia de receita para receita. Pode-se mesmo falar em diferentes tipos de pré-fermento como a biga, o poolish... Mas isso fica para um próximo post aqui no blogue...

A utilização do método indirecto, ao implicar uma fermentação mais lenta/prolongada, permite diminuir a quantidade total de fermento utilizado na receita (em comparação com o método directo), enquanto confere ao pão um sabor e aroma mais acentuado; uma crosta mais estaladiça e uma maior durabilidade... Pelo menos é o que afirmam os entendidos!

No blogue Pão, Bolos e Cia. encontrei a receita do Pão da Avó que é feito com base num pré-fermento.
Começa por ser feita uma esponja no programa 'massa' da máquina do pão (no caso da minha tem a duração de 1h30), sendo depois adicionados os restantes ingredientes da receita e feito o pão no programa ?sandwish?.

Aqui deixo a receita, com uma alteração relativamente à original: diminuí um pouco a quantidade de farinha de centeio, porque acho que usada em maiores quantidades torna a massa demasiado densa.


Pão da Avó

Para a esponja:
1 colher (chá) de fermento biológico seco
200ml de água morna
200g de farinha de trigo

Para a massa do pão:
150g de farinha de trigo
100g de farinha de centeio
1 colher (chá) de sal fino
1 colher (sopa) de azeite
100ml de água morna

Juntar o fermento, a água morna e a farinha para a esponja, na cuba da máquina do pão e seleccionar ciclo 'massa'.


aqui está a esponja, no final do programa 'massa',
bem borbulhante!

Terminado o programa seleccionado, misturar os restantes ingredientes (para a massa do pão) e seleccionar o programa ?sandwich?, tamanho I (até 700g).
Desenformar e deixar arrefecer numa rede. Retirar a pá de dentro do pão só depois deste arrefecer.


O resultado é um pão simples, fofinho e gostoso. Cá em casa é muito usado ao pequeno-almoço (o meu e o da 'pipoca', que o papá não 'acredita' em pequenos-almoços) mas também acompanha bem a refeição.

Comunicar um erro no texto receita

Imprima esta página
De Pintinhas Pretas (Visitar o site)






Avaliar esta receita:

Comentários dos membros:

5 / 5

Delicia



Receitas semelhantes


Artigos relacionados

Conheça o Bacalhau da ConsoadaConheça o Bacalhau da ConsoadaPassas: a fruta seca da Passagem de AnoPassas: a fruta seca da Passagem de Ano


Cooking Units Converter



Gostoso ou Nojento

Filhoses do carnaval (da minha mãe)

Filhoses do carnaval (da minha mãe)
nojento
gostoso

Pergunta do dia

De que país é você? (residência)
Voto