Patrícia de -Receitas da Piteca-Patrícia Elísio, 34 anos e um talento nato para regalar os outros com a sua doçura, doçuras e salgaduras.
Isso mesmo, esta jovem natural de Torres Novas, Portugal, tem um super maridão que a incentivou a criar um blog: Receitas da Piteca . Se ainda não foram lá ver, não sabem o que estão a perder porque esta deliciosa autora de blog faz umas comidinhas de chorar por mais.
Podes também encontrá-la no facebook, tem mais de 1500 gostos, e todas as receitas no seu perfil PetitChef.


Entrámos um pouco na sua intimidade e descobrimos este doce de pessoa.

Patrícia, quando e como apanhou o gosto de cozinhar?

Desde pequena que tenho este bichinho, sempre gostei de andar atrás da minha mãe pela cozinha a espreitar tudo o que ela andava a fazer, inclusive gostava muito de inventar as minhas próprias receitas, agarrava em tudo o que estivesse ao meu alcance e toca a misturar... era nas bancadas da cozinha, nos móveis, no chão... estão a imaginar, não é? A minha mãe é que não gostava muito da conversa ah ah ah! Mas posso dizer que foi ela que me deu as minhas bases para começar.

Desde que começou a cozinhar, sempre se dedicou a isso ou houve um momento em que parou?

Nunca parei por completo, isso não, mas confesso que por vezes tenho fases em que, ou me falta a imaginação e ando uns tempos sempre a fazer “os pratos do costume”, ou por preguiça mesmo ( que também tenho direito! ) e acabo por me afastar um diazito ou dois da cozinha ( o que normalmente acontece mais aos fins de semana vá-se lá perceber porquê ), mas nunca mais do que isso.

Porque criou um blog com as suas receitas?

Quem me conhece bem, sabe que uma das coisas que mais gosto de fazer na cozinha é inventar e já o fazia muito antes de ter o meu blog. Nessa altura tirava fotos aos pratos e quando as ia revelar (sim ainda era do tempo das máquinas de rolos), cortava a foto à volta do prato, colava no caderno e escrevia a receita por baixo. A ideia era mais ou menos a mesma que a de um blog, mas muito mais trabalhosa pode-se dizer... ah ah ah!
Quando finalmente consegui o meu primeiro computador, foi o meu homem quem me deu a ideia de fazer o blog, na altura já eu seguia muitos outros e achei a ideia genial (incrível como nunca me tinha passado tal coisa pela cabeça ). Foi ele quem me ajudou a dar os primeiros passos, a partir daí tornou-se num vício, mas um vício saudável, claro.

Porquê 'Piteca'?

Bem, Piteca foi um nome muito carinhoso que me colocaram num curso de cozinha que tirei. Éramos todas mulheres e eu era a mais novinha delas todas. Um dia um dos formadores achou que seria engraçado chamarem-me esse nome porque supostamente, e segundo o meu formador, devia significar “menina pequena”, mas não, não significa. Quando fui ver, por curiosidade, no dicionário, Piteco é um macaco sem cauda oriundo da Ásia (daí o macaco no cabeçalho do blog), calculo que Piteca seja a versão feminina da coisa...ah ah ah! Seja como for a coisa pegou e a alcunha ficou.

Como descobriu e porque quis colocar as suas receitas no site pt.petitchef?

Descobri este site através de outros blogs, por acaso, e achei que seria mais uma excelente forma de partilhar com todos aquilo que gosto de fazer e, de certa forma, fazer assim também publicidade ao meu blog. Cadastrei-me logo e assim que pude comecei a partilhar as minhas receitas.

Tem outras paixões além da cozinha?

A cozinha é sem dúvida uma grande paixão, mas tenho outras, por exemplo amo animais, posso dizer que em tempos a minha casa já foi uma espécie de jardim zoológico, desde hamsters, porcos da índia, coelhos, pássaros, peixes, rãs, etc. Neste momento tenho 3 gatos, que resgatei da rua ainda pequenos e acabei por ficar com eles, uma cadela e uma tartaruga.

«Cozinhar» significa o quê para si?

Cozinhar, para mim é uma arte, como qualquer outra, se nos dedicarmos de alma e coração conseguimos fazer coisas extraordinárias! Já me consegui surpreender a mim própria várias vezes.

Se fosse uma receita, qual seria?

Hummm... definitivamente algo que leve chocolate pois sou uma chocoólica assumida: um mal cozido de chocolate.

Prefere cozinhar doce ou salgado?

Doce, principalmente bolos decorados, é algo que simplesmente adoro fazer.

Gostaria que alguém em especial provásse a sua comida?

Eu adoro cozinhar para os outros, logo, para mim, qualquer pessoa que prove a minha comida é importante, tal como a sua opinião, é isso que nos faz melhorar cada vez mais. Claro que gostava imenso que um chef tipo o Jamie Oliver ou até mesmo o Gordon Ramsay, que são dos meus chefs favoritos, provassem a minha comida, mesmo tendo perfeita noção de que não lhes chego nem aos calcanhares e que do segundo provavelmente só iria ouvir berros (ah ah ah ah), mas como já disse é assim que nós aprendemos e melhoramos! Para mim seria um prazer.

Um conselho a dar aos apaixonados de comida? (e aos outros)

O meu conselho é o mesmo que dou sempre a todas as pessoas: vão para a cozinha, ponham as mãos nos tachos e arrisquem coisas novas e diferentes, vão ver que não se arrependem. Como sempre costumo dizer, a vida é demasiado curta para andarmos sempre a comer o mesmo. Cozinhar é uma arte, criem a vossa!

Algumas receitas da Patrícia: