Petitchef
Criar Novo Registo
Palavra-passe esquecida ?  
PETITCHEF
Pesquisa avançada

Gastrite: o que previne, o que agrava, o que cura

De Deli&Cia
(4.18/5 - 572 votos)

89 comentários


?Acho que estou com gastrite?, dizem muitos ao sentirem algum tipo de incômodo no estômago. Mas quais os sintomas associados realmente à doença e que fatores a desencadeiam?
O Gastrocirurgião tem as respostas.

?A gastrite pode ser ocasionada por má alimentação, álcool, remédios a base de ácido acetilsalicílico, antiinflamatórios, estresse ou o aumento do número de bactérias Helicobacter pylori, que vivem naturalmente no tecido que reveste o estômago?, informa o Dr. Vladimir Schraibman, especialista em cirurgia geral, gastrocirurgião e único orientador de Cirurgias Robóticas da área de Cirurgia Geral e do Aparelho Digestivo do Hospital Israelita Albert Einstein (Proctor Intuitive Robotic System).

O médico explica que estes componentes, isolados ou associados entre si, agridem a mucosa estomacal. ?Se os sintomas acabaram de aparecer, o quadro clínico pode ser classificado como sendo gastrite aguda?, explica o médico. Se são constantes e persistentes, estamos diante de um diagnóstico de ?gastrite crônica, que pode evoluir e se transformar numa úlcera, se não for devidamente tratada?, adverte o médico.

Para entender o que é, suas causas, tipos e tratamentos, leia abaixo entrevista com o Dr. Vladimir Schraibman, especialista em cirurgia geral, gastrocirurgia e único orientador de Cirurgias Robóticas da área de Cirurgia Geral e do Aparelho Digestivo do Hospital Israelita Albert Einstein.
O Dr. Scraibman é também médico colaborador do Setor de Fígado, Pâncreas e Vias Biliares do Departamento de Cirurgia da Universidade Federal de São Paulo.
Como o álcool pode desencadear gastrite?
Álcool é irritante gástrico fortíssimo e promove a diminuição da formação de prostaglandinas, substâncias responsáveis pela proteção de muco do estômago contra o ácido. Café, medicamentos à base de ácido acetilsalicílico e antiinflamatórios diminuem também diminuem a proteção, podendo levar a quadros de gastrite.
E o cigarro, também favorece a doença gástrica?
O cigarro possui inúmeras substâncias irritantes gástricas que levam ao aumento da secreção gástrica por irritação local, principalmente, pela nicotina.
O que muda no ambiente estomacal para a bactéria Helicobacter pylori ? que já existe no estômago - se manifestar e causar irritações e até câncer?
Essa bactéria está associada à recidiva das gastrites na maior parte das vezes. Quando a bactéria não é eliminada, a probabilidade de adquirir nova infecção vai acima de 90%. Muitas vezes, a presença dessa bactéria pode estar associada ao aparecimento do câncer gástrico, quando associada a quadro de gastrite crônica.
Muitos dizem que estão com ?gastrite nervosa?. Isso pode ser verdade? Qual seria a relação de causa-efeito?
É verdade, porque o estressse aumenta a liberação de cortisol e adrenalina que promovem o aumento da producao de ácido pelo estomago, gerando gastrite de fundo emocional.
Antiácidos ajudam a aliviar sintomas?
Com certeza aliviam sintomas, mas deve-se ficar atento às reações, porque alguns podem aumentar a chance de formação de cálculos renais, entre outros problemas. Diante do diagnóstico de gastrite, o melhor é seguir o tratamento de acordo com orientações médicas, que inclui a diminuição da ingestão de álcool, refrigerantes, chá preto e café, entre outros cuidados.
Dieta muito rica em gorduras, como frituras e carnes, contribuem para o aparecimento da gastrite ou agravam os sintomas?
Sim, dieta rica em gordura contribui para o desenvolvimento da gastrite, visto que a gordura por si só pode gerar aumento da produção de ácido, agravando uma gastrite já estabelecida.
Gastrite pode evoluir e se transformar em úlcera? Em caso positivo, por quê?
Com certeza, gastrite pode se transformar em úlcera. A gastrite se constitui no processo inicial de inflamação, que quando não tratada pode gerar inflamação mais profunda que é denominada úlcera (quando aparecem feridas na parede do estômago).
Gastrite afeta mais a quem: homens e mulheres? Crianças, adolescentes, adultos ou idosos?
Gastrite é mais comum em adultos, em indivíduos sedentários e em pessoas que não possuem hábitos de vida saudáveis.
Quais os principais sintomas e como se faz o diagnóstico da gastrite?
Os principais sintomas estão relacionados à dor na parte alta do abdome, inchaço abdominal, digestão difícil e sensação de queimação ou aperto no abdome. O diagnóstico pode ser feito pela história clínica, exame físico do médico e com confirmação, muitas vezes, pela endoscopia digestiva alta.
Quais os tratamentos mais modernos para controlar a doença?
Os tratamentos mais modernos incluem medicamentos de última geração que inibem a produção de ácido gástrico e alterações de estilo de vida e dieta.
O que é e como surge

É importante entender que o estômago funciona como uma espécie de ?bolsa?. Ele recebe todo alimento e bebida que se ingere, no qual é realizada uma das etapas do processo digestivo (fracionamento dos alimentos e liberação lenta desse material para o intestino).
Gastrite corresponde à inflamação da mucosa que reveste as paredes do estômago, ocasionada por diferentes fatores, que impedem o órgão de realizar plenamente suas funções.

Tratamentos
O principal tratamento não consiste em remédios ou comprimidos. Sempre é melhor procurar a causa. Mudar o estilo de vida e sua alimentação. Eis alguns conselhos gerais:
1 ? Ter horas certas para comer:
O estômago acostuma-se aos horários, e é melhor não alterar esses horários.
Aconselhamos refeições moderadas e com intervalo mínimo de cinco horas entre elas.
2 ? Andar após comer:
muitos costumam deitar após as refeições. Isso pode aumentar o peso e a absorção de calorias, mas além de tudo não é bom para a digestão. Caminhar sem pressa e respirar profundamente são práticas benéficas ao estômago.
À noite, também não se deve comer muito, pois o estômago precisa usufruir do repouso noturno.
3 ? Não tomar líquidos às refeições:
Pelo menos 30 minutos antes e duas horas após a s refeições, não se deveria ingerir líquidos. Tomar muito líquido às refeições impede a boa mastigação e dilui os sucos digestivos. Também não é bom usar muito caldo, sucos, sopas e mingaus.
As três melhoras receitas para o estômago são: mastigar, mastigar, mastigar.
4 ? Não misturar muitos alimentos:
Evite comer muitas variedades de alimento em cada refeição. Varie de dia para dia ou de refeição para refeição. Três ou quatro variedades em cada refeição e não mais que isso. Sua digestão se tornará mais leve.
5 ? Use alimentos naturais:
Os alimentos mais indicados para a digestão são: frutas não ácidas, verduras cozidas, batatas, grãos e pão torrado. As azeitonas são particularmente indicadas para gastríticos.
Medicamentos naturais

Chá de espinheira santa: Um a três copos por dia, duas horas após refeições. Esse chá tem bom efeito no alívio dos sintomas da gastrite e até mesmo de úlceras.
Carvão vegetal: O carvão ativado é um remédio indicado para qualquer inflamação do aparelho digestivo. Melhor é utilizar carvão em pó (1 colher de chá, 3 vezes ao dia). O carvão em comprimidos também é indicado (1 a 4 comprimidos ao dia). O carvão pode produzir prisão de ventre. Procure usar algum chá laxativo (chá de Sene, se for o caso).
Chás digestivos: outros chás que podem ser usados para a gastrite são de gosto amargo: carqueja, losna, camomila, boldo nacional e boldo do Chile, estomalina, dente-de-leão, etc.
Compressa aquecedora: Dormir à noite com uma compressa atoalhada úmida no abdômen costuma auxiliar no tratamento de gastrite. É melhor aplicar a compressa umedecida em água fria e bem torcida, diretamente no abdômen e cobrir após com um pano ou flanela seca.
É sempre aconselhável a avaliação do médico no caso de os sintomas não desaparecerem e / ou houver dúvidas quanto ao diagnostico. Eventualmente poderão ser utilizados certos tipos de antiácidos, segundo orientação médica, durante alguns dias.
Fonte: Vida Integral


Imprimer cette page
De Deli&Cia (Visitar o site)






Avaliar esta receita:

Comentários dos membros:

5 / 5

Gostei muito foi muito util para mim .agora sei como me cuida

5 / 5

Nota 10

5 / 5

Muito bom !

5 / 5

Mto bom..nossa obrigada.

5 / 5

Excelente

5 / 5

Muito boa essa receita

... clique aqui para ver todos os comentários (89)

Receitas semelhantes



Cooking Units Converter



Gostoso ou Nojento

Mousse de ananás

Mousse de ananás
nojento
gostoso