Petitchef
Criar Novo Registo
Palavra-passe esquecida ?  
PETITCHEF
Pesquisa avançada

MACA - A raiz energética

RECEITAS


'


RECEITAS

De (Visitar o site)
(3.71/5 - 7 votos)

1 comentário

Reza a lenda que durante o apogeu do império Inca, o exército incluía raiz de maca na sua alimentação antes de ir para as batalhas, o que tornava os soldados extremamente viris. Além disso, os guerreiros que se destacassem em combate rece-biam maca como prémio pelos seus feitos heróicos.

A maca (Lepidium meyenii) é uma planta da família das crucíferas e a sua raiz assemelha-se a uma cabeça de nabo, medindo entre 4 a 7 centímetros de diâmetro e podendo apresentar tonalidades desde o amarelo claro até ao castanho-escuro.

Cresce nos Andes peruanos a mais de 3.500 metros de altitude, suportando temperaturas que variam entre 20 graus positivos e 25 graus negativos, sendo por isso considerada uma planta adaptogénica.

A maca (sobretudo a raiz) já era utilizada pelos Incas, para tonificar o organismo e atenuar a fome das populações isoladas, chegando a representar 2/3 da sua alimentação. Foram encontradas evidências antropológicas do seu cultivo no Peru desde o ano de 1600 A.C..

A maca, também popularmente conhecida como ginseng peruano, é um alimento rico em hidratos de carbono, proteínas e fibras. Possui também ácidos gordos essenciais, vitaminas do complexo B, vitamina C, cálcio, magnésio, fósforo, ferro e potássio.

O valor nutritivo da maca é considerado tão valioso que, durante a colonialização do Peru, o alimento era usado como moeda de troca e servia também de ofe-renda aos deuses.

Devido à sua riqueza nutricional é recomendada para estados que benefi-ciam de energia e nutrientes extra, como má nutrição, cansaço, fadiga, fraqueza ou falta de concentração. É por isso muito útil sobretudo para estudantes, idosos e desportistas. O uso da maca peruana actua como um tónico revigorante para o orga-nismo em geral, fortalecendo o sistema imunológico.

De acordo com as crenças populares, a maca é ainda um afrodisíaco, sendo, por isso, também conhecida por "Viagra dos Andes". A população Inca usava a maca pela sua acção estimulante da fertilidade e do desempenho sexual. Destacavam os seus benefícios para a menopausa, amamentação, problemas relacionados com alterações no ciclo menstrual, problemas de fertilidade e potência sexual.

Conta-se ainda que durante a conquista do Peru pelos espanhóis, os animais trazidos de Espanha não se reproduziam. Os nativos aconselharam os conquistadores a alimentarem os animais com maca, o que melhorou as taxas de reprodução dos animais.

Alguns estudos recentes sobre o uso da maca em animais (Dra. Chacón, 1961; Zheng & cols., revista Urology - 55) e em seres humanos (Dr. Gustavo Gonzáles, 2001) têm vindo a comprovar que esse alimento pode promover o aumento da mobilidade dos espermatozóides, do volume de sémen e o aumento do desejo sexual em seres humanos.

Também um cardiologista peruano, Dr. Hugo Malaspina, tem investigado pessoas idosas que consomem maca e trata algumas pessoas com este alimento, e observou um desempenho sexual e hormonal bastante satisfatório nesses grupos.

A maca é usada há séculos pelos peruanos como parte da sua alimentação diária; é um alimento, não um suplemento, e como tal é extremamente segura.

Na Europa, temos acesso a este alimento em forma de pó ou farinha, uma vez que a raiz de maca é desidratada e moída, e em forma de cápsulas que contêm o extracto de maca. O tubérculo é facilmente seco ao sol e mantém as suas qualidades nutritivas durante vários anos de armazenamento.

É muito fácil usar a maca em pó no seu dia-a-dia: pode misturá-la em massas de pão ou bolos; juntar 2-3 colheres na sopa, batidos de fruta, molhos, iogurtes ou cereais de pequeno-almoço. Pode ainda polvilhar a maca por cima de arroz, massa ou outros alimentos.

Fonte Sapo Sáude





Imprimer cette page




Avaliar esta receita:

Comentários dos membros:

5 / 5

É UM ESPETÁCULO!!!!!!!!!!!!!!AMEIIIII


Receitas semelhantes



Cooking Units Converter



Gostoso ou Nojento

Moqueca de camarão mineira

Moqueca de camarão mineira
nojento
gostoso