Petitchef
Criar Novo Registo
Palavra-passe esquecida ?  
PETITCHEF
Pesquisa avançada

International Woman's Day cake / Bolo Dia da Mulher / Pastel Día Internacional de la Mujer

De Magic Flavours


International Woman's Day (IWD) is marked on March 8th every year. It is a major day of global celebration for the economic, political and social achievements of women. Started as a political event, the holiday blended in the culture of many countries (primarily Russia and the countries of former Soviet bloc). In some celebrations, the day lost its political flavour, and became simply an occasion for men to express their love to the women around them in a way somewhat similar to Mother's Day and St Valentine's Day mixed together. In others, however, the political and human rights theme as designated by the United Nations runs strong, and political and social awareness of the struggles of women worldwide are brought out and examined in a hopeful manner. The IWD is also celebrated as the first spring holiday, as in the listed countries the first day of March is considered the first day of the spring season.

I dedicate this cake to all my "Blogger Female Friends".
I will always cherish you in my heart.



Takes 1 - 1¼ hours, plus a day for drying rose buds or petals
Cuts into 12 slices
Ingredients
175 g golden caster sugar 175 g butter, softened
4 large eggs, separated
100 g self-raising flour
1 tsp baking powder
100 g ground almonds
a few drops of almond extract
125 g fruits of the forest

For the filling
227 g tub Cornish clotted cream
125 g fruits of the forest

For the decoration
2 pink roses
50 g - 85 g golden caster sugar
1 egg white, lightly beaten
400 g icing sugar

1 Make the frosted petals or buds the day before. Separate the petals and spread the caster sugar over a plate. Holding one petal at a time, lightly paint both sides with egg white. Spoon sugar over it, then using tweezers, shake off the excess. Or just dip the whole bud in the egg white and dip it in the caster sugar. Dry on baking parchment for a day.
2 Preheat the oven to 180ºC/Gas 4. Butter a 20 cm round cake tin and line their base with baking parchment. Tip the sugar into a mixing bowl and add the softened butter. Beat for a minute or so until pale and fluffy, then beat in the eggs yolks.
3 Sift the flour and baking powder over the cake mixture. Fold in as lightly as you can using a large metal spoon, then fold in the almonds and extract. Stop folding as soon the flour traces have gone.
4 Whisk the egg whites until they just hold their shape. Gently fold a third of the egg white into the cake mix, using a whisk. Repeat with another third, then the final third. Take care not to over-mix and lose the lightness of the egg whites.
5 Lightly fold in the fruits of the forest. Put the cake mix in the prepared tin and level the mixture using a round-bladed knife. Bake for 30 - 35 minutes. Cool in the tin for 5 minutes, then turn out, peel off the lining paper and leave to cool completely.
6 Cut the cake lengthwise and set one half on a serving plate or cake stand. Spoon the cream on the cake with a dessert spoon. Scatter the fruits of the forest over and put the other cake half on top. Blend the icing sugar with 1 - 1½ tbsp cold water until it is smooth and coats the back of a spoon thinly. Drizzle the icing over the cake. Scatter the rose petals or decorate with the rose buds over and around the cake, dust with icing sugar and serve.

Dedico este bolo a todas as minhas "Amigas Blogueiras".
Prezarei sempre a todas no meu coração.
Obrigada pelo vosso apoio.



O Dia Internacional da Mulher é celebrado a 8 de Março. É um dia comemorativo para a celebração dos feitos económicos, políticos e sociais alcançados pela mulher. A ideia da existência de um dia internacional da mulher foi inicialmente proposta na virada do século XX, durante o rápido processo de industrialização e expansão económica que levou aos protestos sobre as condições de trabalho. As mulheres empregadas em fábricas de vestuário e indústria têxtil foram protagonistas de um desses protestos em 8 de Março de 1857 em Nova Iorque, em que protestavam sobre as más condições de trabalho e reduzidos salários. Existem outros acontecimentos que possam provar a tese como o incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist, que também aconteceu em Nova Iorque, em 25 de março de 1911, onde morreram 146 trabalhadoras. Segundo esta versão, 129 trabalhadoras durante um protesto teriam sido trancadas e queimadas vivas. Este evento porém nunca aconteceu e o incêndio da Triangle Shirtwaist continua como o pior incêndio da história de Nova Iorque. Muitos outros protestos se seguiram nos anos seguintes ao episódio de 8 de Março, destacando-se um outro em 1908, onde 15.000 mulheres marcharam sobre a cidade de Nova Iorque exigindo a redução de horário, melhores salários, e o direito ao voto. Assim, o primeiro Dia Internacional da Mulher observou-se a 28 de Fevereiro de 1909 nos Estados Unidos da América após uma declaração do Partido Socialista da América. Em 1910, a primeira conferência internacional sobre a mulher ocorreu em Copenhaga, dirigida pela Internacional Socialista, e o Dia Internacional da Mulher foi estabelecido. No ano seguinte, esse dia foi celebrado por mais de um milhão de pessoas na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça, no dia 19 de Março. No entanto, logo depois, um incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist mataria 140 costureiras; o número elevado de mortes foi atribuído às más condições de segurança do edifício. Além disto, ocorreram também manifestações pela Paz em toda a Europa nas vésperas da Primeira Guerra Mundial. No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado durante as décadas de 1910 e 1920, mas esmoreceu. Foi revitalizado pelo feminismo na década de 1960. Em 1975, designado como o Ano Internacional da Mulher, a Organização das Nações Unidas começou a patrocinar o Dia Internacional da Mulher.

Preparação e confecção 1 -1 ¼ horas, mais um dia para secar as pétalas ou botões de rosas
Faz 12 fatias
Ingredientes
175 g de açúcar amarelo refinado
175 g manteiga, amolecida
4 ovos grandes, separar as gemas das claras
100 g de farinha com fermento
1 colher de chá de fermento em pó
100 g amêndoas moídas
algumas gotas de extrato de amêndoa
125 g frutos silvestres
Para o recheio
227 g natas coalhadas de Cornwall
125 g frutos silvestres

Para a decoração
2 rosas cor de rosa
50 g - 85 g de açúcar refinado
1 clara de ovo, levemente batida
400 g de açúcar glacé

1 Prepare as pétalas ou botões de rosa no dia anterior. Separe as pétalas e espalhe o açúcar glacé num prato. Segurando uma pétala de cada vez, levemente pincele ambos os lados com o a clara de ovo batido. Depois espargir as pétalas com o açúcar glacé e com a ajuda de uma pinça, cuidadosamente sacudir a pétlala para retirar o excesso de açúcar glacé ou pincele o botão de rosa na clara batida e espargir com açucar glacé. Seque as pétalas ou os botões sobre papel vegetal durante um dia.
2 Pré-aquecer o forno a 180º C/Gás 4. Untar uma forma de bolos (20 cm de diâmetro) com manteiga e forre a base com papel vegetal ou papel manteiga. Coloque o açúcar amarelo numa tigela e adicione a manteiga amolecida. Bata por um minuto até obtêr uma cor pálida, depois adicione as gemas de ovos e bata com um batedor eléctrico.
3 Peneire a farinha e o fermento sobre a mistura que fez no passo anterior. Misture tudo com uma colher de de metal, depois adicionar o extrato de amêndoa e as amêndoas moídas e envolver com cuidado.
4 Bata as claras em castelo. Cuidadosamente junte um terço das claras em castelo á massa do bolo, utilize uma vara de arames para envolver os ingredientes. Depois adicione o resto das claras em castelo e envolva tudo com a vara de arames.
5 Adicione os frutos silvestres á massa e misture com cuidado para não partir a fruta. Coloque a massa na forma e leve ao forno durante 30 - 35 minutos. Retire a forma do forno e deixe arrefecer durante uns 5 minutos, depois desenforme o bolo e deixe arrefecer completamente.
6 Corte o bolo ao meio na horizontal. Coloque uma metade do bolo num prato e barre com as natas coalhadas. Espalhe com os frutos silvestres e coloque o outra metade do bolo por cima. Envolver o açúcar glacé com 1 -1 ½ colheres de sopa de água fria até obtêr uma cobertura glacé. Salpique o bolo com a cobertura glacé e decore com as pétalas ou os botões de rosas que anteriormente preparou.

Este pastel lo dedico de todo corazón a todas mis "Amigas Blogueras".
Gracias por vuestro apoyo.


El Día Internacional de la Mujer Trabajadora (celebrado el 8 de Marzo según las Naciones Unidas) se refiere a las mujeres corrientes como artífices de la historia y hunde sus raíces en la lucha plurisecular de la mujer por participar en la sociedad en pie de igualdad con el hombre. En la antigua Grecia, Lisístrata empezó una huelga sexual contra los hombres para poner fin a la guerra; en la Revolución Francesa, las parisienses que pedían "libertad, igualdad y fraternidad" marcharon hacia Versalles para exigir el sufragio femenino. Acto de celebración del Día Internacional de la Mujer Trabajadora en Managua (1988). La idea de un día internacional de la mujer surgió al final del siglo XIX, que fue, en el mundo industrializado, un período de machismo y turbulencia, crecimiento fulgurante de la población e ideologías radicales.

Preparación 1 -1 ¼ de hora, más un día para secar los pétalos de rosas
Rinde 12 porciones
Ingredientes
175 g de azúcar refinado
175 g de mantequilla, suavizada
4 huevos grandes, separar las claras de las yemas
100 g de harina con levadura
1 cucharadita de polvo para hornear
100 g de almendras molidas
unas gotas de extracto de almendra
125 g de frutas rojas

Para el relleno
227 g de nata cuajada
125 g de frutas rojas

Para la decoración
2 rosas de color rosa
50 g - 85 g de azúcar refinado
1 clara de huevo, ligeramente batida
400 g de azúcar glaseado

1 Prepare los pétalos o la flor de rosa el día anterior. Separar los pétalos, colocar el azúcar refinado en un plato. Quitar todos los pétalos a la rosa y con un pincelito rebozar ligeramente los pétalos de ambos lados con la clara de huevo ligeramente batida. Después rebozar con azúcar refinado. Con la ayuda de pinzas, agitar los pétalos suavemente para quitar el exceso de azúcar. O dejar la la flor entera y rebozar en la clara de huevo e despues en el azúcar. Secar los pétalos o la flor sobre el papel vegetal.
2 Pre-caliente el horno a 180ºC / Gas 4. Engrasar la fuenta para pastel (20 cm de diámetro) con mantequilla y cubrir la base con papel vegetal. Coloque el azúcar refinado en un bol y añadir la mantequilla suavizada. Batir con una batidora eléctrica, por un minuto hasta obtener un color pálido, a continuación, añadir las yemas de huevo y batir un poquito más.
3 Pasar la harina y la levadura por un tamiz y mezclar a la masa. Mezclar todo con una cuchara de metal, a continuación, agregue el extracto de almendra y la almendra molida.
4 Montar las claras de huevo. Añadir una tercera parte de las claras de huevo montadas a la masa, utilice un batidor de mano. A continuación, agregue el resto de las claras de huevos montadas.
5 Agregue las frutas rojas y mezclar a la masa con cuidado para no partir la fruta. Colocar la masa en la fuente y hornear durante 30 a 35 minutos. Quitar la fuente del horno y deje enfriar durante unos 5 minutos, luego desenforme el pastele y dejar que se enfríe completamente.
6 Cortar el pastel al medio y colocar sobre un plato. Untar una mitad de pastel con nata cuajada. Añadir las frutas rojas y colocar la otra mitad de pastel por encima. Mezclar el azúcar glaseado con 1 - 1 ½ cucharadas de agua fría hasta obtener una cobertura glaseada (frosting). Coloque el glaseado sobre el pastel y decore con los con las rosas.



Print / Imprimir receita

Imprimer cette page
De Magic Flavours (Visitar o site)






Avaliar esta receita:


RECEITAS


Receitas semelhantes


Artigos relacionados

Pastéis de Nata, especiaria a ser apreciada sem moderaçãoPastéis de Nata, especiaria a ser apreciada sem moderação


Cooking Units Converter



Gostoso ou Nojento

Lombo de panela com batatas ferrugem

Lombo de panela com batatas ferrugem
nojento
gostoso